Tabula Rasa

Maio 06 2009

(...)

Sentado na poltrona, beijas-me a pele morena
fazes aqueles truques que aprendeste no cinema
mais peço-te eu, já me sinto a viajar
para, recomeça, faz-me acreditar
"Não", dizes tu, e o teu olhar mentiu
enrolados pelo chão no abraço que se viu
é madrugada ou é alucinação
estrelas de mil cores, ecstasy ou paixão
hum, esse odor, traz tanta saudade
mata-me de amor ou da-me liberdade
deixa-me voar, cantar, adormecer (...)

Pedro Abrunhosa, Tudo o que eu te dou

 

 

publicado por Cristina às 15:59

Bom matar de amor - delícia morrer de amor.
É daquelas pérolas do ABrunhosa... agora tb. me apetece ouvir!:)
Lúcia a 7 de Maio de 2009 às 10:36

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14

17
23

30

31


pesquisar
 
blogs SAPO