Tabula Rasa

Maio 13 2009

 Ontem, no final da tarde, tive um sobressalto. No cumprimento de um ritual que acontece várias vezes ao dia, ou pelo menos sempre que tenho cinco minutos livres, fui dar uma espreitadela ao Anónimo. Qual não foi o meu espanto, quando me deparei com um post de despedida, de encerramento temporário do blogue, sem grandes perspectivas de regresso. Confesso que fiquei muito tempo a olhar para o computador incrédula e com uma sensação de perda terrível.

Disparate, poderão estar a pensar os que não conhecem o espaço, está a puxar para o drama… Nada disso, digo eu, o Anónimo é um sítio especial!
Quem me conhece, sabe que sou viciada em livros e jornais. Adoro ler e, para mim, a leitura vinha sempre acompanhada de um pressuposto obrigatório: o suporte de papel. Contudo, esse meu paradigma mudou quando, há uns meses, e por mero acaso, fui parar ao Anónimo. Gostei do que li e voltei um dia atrás do outro, e deixei-me prender pela escrita magistral do J.M. Coutinho Ribeiro.
Os posts vão da simples noticia, ao desabafo, da crítica à música, passando pela partilha e entrega do JM aos seus leitores, que se me afigura absolutamente única.
Depois do JM, vieram os outros, tantos outros, mais ou menos anónimos como eu, seguidores e comentadores diários do blogue e que, rapidamente se tornaram amigos. Somos a Tribo, como costumamos dizer!
Foram muitos os momentos especiais que por ali estão plasmados. Entre o confronto de ideias, ou a partilha, muito dos meus dias estão ali. E sei que muitas centenas de pessoas sentem o mesmo que eu. Se não tivesse conhecido o Anónimo, este espaço não existiria. Tive o melhor dos Mestres.
Reconheço que os motivos que levam a fazer esta pausa são imperativos e, só por isso me resigno! Mas vai ficar um vazio, um enorme vazio e a saudade, aquela que se tem quando se sabe que um amigo que faz falta já não está tão perto.
Quero, pois, agradecer ao JM pela consideração que sempre demonstrou, pela disponiblidade que sempre teve e pelos bons momentos que me proporcionou. Quero, ainda dizer-lhe que foi um privilégio acompanha-lo nos últimos meses.
Deixo-vos um vídeo feito em homenagem ao Anónimo, por uma seguidora do blogue, e que é o resultado de um desafio lançado há uns meses, aos comentadores. Ele espelha bem o espírito do sítio…
Obrigada, JM!

 

 

publicado por Cristina às 22:39
Tags: ,

Obrigado, Cristina. E eu continuo no mesmo sítio :-)
J.M. Coutinho Ribeiro a 13 de Maio de 2009 às 23:01

Eu é que tenho de lhe agradecer!
... e o sítio já não existe...se assim não fosse, não teria tempo de andar por aqui e, eu preferia!
:-)
Cristina a 13 de Maio de 2009 às 23:11

Eu compreendo-a Cristina. Tb fiquei em choque. Aliás, fiquei tão abananada que saí do meu cantinho...
A Aventura dos Sentidos a 14 de Maio de 2009 às 09:25

Olá, Aventura dos Sentidos, é bom vê-la por cá, mesmo que não seja pelas melhores razões. Este é, de facto um momento triste para muitos.
Espero que esteja tudo bem consigo! Vá dando notícias de vez em quando, para saber se está bem. :-)
Um beijinho

Eu ando sempre por cá... pelo menos, de segunda a sexta, venho diariamente ao seu blog... A Cristina é que não me vê... Entretanto, ressucito o meu blog... Fica aqui a promessa, na hora da despedida do Anónimo...
Um beijinho
A Aventura dos Sentidos a 14 de Maio de 2009 às 15:11

Mas que boa notícia!
Eu tenho passado lá e visto que continua vazio...
Olhe que se não o ressuscitar eu vou cobrar!!! :-)
Cristina a 14 de Maio de 2009 às 15:51

olá, Cristina, é realmente uma pena.
Não há caixinha de comentários mais viciante na blogo :-))

mas acredito que ele volte, vai ver!
JuliaML a 14 de Maio de 2009 às 21:11

Olá Júlia!
Pois é..., o anónimo faz mesmo falta...
Espero que tenha razão, e que o JM, depois de um merecido descanso, volte com energia redobrada!
:-)
Cristina a 14 de Maio de 2009 às 21:19

O Anónimo é um marco na blogosfera. Volte ou não - e acho que sim.
Tb. me surpreendi e lembrei-me de uma estória interessante a propósito dessas paragens que temos que fazer. Infelizmnete, não tenho tido computador há uns dias, e logo se vê se sai post!
Mas aquilo foi melancólico, foi!
Lúcia a 14 de Maio de 2009 às 23:20

Não foi, Lúcia, está a ser...!
Cristina a 14 de Maio de 2009 às 23:49

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14

17
23

30

31


pesquisar
 
blogs SAPO